JESUS FOI CONDUZIDO AO DESERTO… (Lc 4,1-13) – Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.

desertoO povo hebreu era especialista em desertos. Foi no deserto que Abraão selou sua aliança com Yahweh. Foi deserto a fora que Moisés conduziu o povo à Terra Prometida. Foi na solidão do deserto que Elias ouviu passar a brisa mansa. Será no mesmo deserto que Jesus, filho de Abraão, dará o primeiro passo de sua missão.
Eis o comentário de Hans Urs von Balthasar: “A atividade de Jesus começa por uma errância sem pátria no deserto, e aqui ressoa mais fortemente a errância de Israel durante 40 anos no deserto. Esse foi o tempo da exposição à prova e, muitas vezes, da verdadeira tentação, à qual o povo sucumbiu mais de uma vez.
Foi igualmente o tempo do exercício solitário de sua relação com Deus, tal como tantos confessores cristãos, apóstolos e santos, que só começaram sua missão entre os homens após anos de deserto e de solidão com Deus. E a prova de que nesse tempo a sua fé foi definitivamente forjada é que eles caminharam no seguimento de seu Senhor, o qual jejua no deserto e atravessa as grandes tentações relativas à sua vida messiânica.”
Sem desertos, jamais teremos missionários! Um deserto que pode ser o leito do hospital, como foi para Inácio de Loyola. Ou o silêncio do Carmelo, como foi para a Pequena Teresa. Ou o campo de concentração, como foi para Edith Stein. Mas sempre um deserto, onde a alma é levada ao fogo, polida e transfigurada.
Não se forma um sacerdote em um hotel de estudantes. Não se forma um missionário no burburinho das praças. Antes disso, antes do contato com a multidão, o deserto espera pelo futuro evangelizador. Assim, não admira que tantas vocações se percam no meio do caminho, por absoluta falta daquele espaço onde sopra o Vento do Espírito e o Senhor chama de novo a sua esposa (cf. Os 2,16).
Aquele que não ouviu no silêncio a voz de Deus, não terá uma Palavra de fogo para anunciar ao povo a notícia da Boa Nova. Seus ouvintes hão de cochilar, indiferentes. Mas aquele que penetrou no deserto e teve os cabelos agitados pelo Vento que sopra onde quer, este será o porta-voz de Deus, e sua Palavra despertará a aurora…

Orai sem cessar: “Águas vão correr no deserto, rios na terra seca!” (Is 35,6)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s