ELE ME UNGIU… (Lc 4,14-22a) – Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.

jesusÉ pena que uma palavra tão rica, tão preciosa, tenha sido tão ignorada, e mesmo degradada. Refiro-me à palavra “Cristo”, que acabou por se tornar o novo nome do Verbo de Deus que se fez carne, nascendo de Mulher, e veio habitar entre nós.
O termo foi “estragado” a tal ponto, que se tornou o nome de um jogo de sinuca, onde o perdedor é o “cristo” e paga o tempo da partida. O próprio dicionário Aurélio o registra: “Cristo. Substantivo masculino.[…] 3. Bras. Pop. Vítima de logro, perseguição, zombaria, coisa desagradável. Bancar o cristo. 1. Bras. Expiar ou pagar pelos outros; ser o cristo.
Neste Evangelho, quando Jesus faz seu primeiro “sermão” na humilde sinagoga de Nazaré, ele diz: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu”. No original grego de Lucas, a forma verbal que traduzimos por “ungiu” é “echrisen” []; dentro dela está a raiz de “cháris”, o carisma, a graça, da mesma família que “crisma”, o nome do sacramento da plenitude do Espírito Santo através da unção com o óleo santo.
No mundo da Bíblia, quando alguém é designado para uma função, ele passa por uma “unção” que o capacita com o dinamismo do Espírito. Assim foram ungidos os reis, como Davi, e os profetas, como Isaías.
Os hebreus esperavam pelo Messias [masiah em hebraico; christos em grego], palavra que significa exatamente o “ungido” de Deus. Ali na sinagoga, Jesus se apresenta como o esperado de Israel… e é rejeitado…
Também poderíamos traduzir “Cristo” por “consagrado”: aquele que Deus separou para si. Tal como acontece no Batismo cristão, quando o catecúmeno é ungido, adotado como filho, configurado com Cristo e inabitado pelo Espírito Santo.
Depois disto, podemos afirmar sem nenhum erro que todo cristão é um “cristificado”. Sua religião consiste em um processo crescente e permanente de identificação com o próprio Filho de Deus. Uma vez ungida, consagrada e possuída por Deus, a pessoa do batizado se identifica com a pessoa de Jesus, o Cristo. Por isso mesmo, Paulo poderá escrever: “Haja entre vós o mesmo sentir e pensar que no Cristo Jesus”. (Fl 2,5) E ainda: “Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”. (Gl 2,20)

Orai sem cessar: “Teu óleo me unge a cabeça…” (Sl 23,5)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s