FICAI DE PRONTIDÃO! (Lc 12,35-38) – Texto de Antônio Carlos Santini, da Com. Católica Nova Aliança.

PRONTIDÃOA vida cristã é uma expectativa: “o Senhor vem!” Quando? Não sabemos. É um daqueles momentos que pertencem exclusivamente ao Pai (cf. At 1,7). E não se trata de uma vigília aterrorizante, como a da sentinela que aguarda a invasão dos bárbaros ou a do pagão que teme a morte. Esta vigília do cristão é uma aurora que aguarda a luz do sol para a iluminação definitiva de todas as sombras da História.
Sem esta expectativa, a sociedade humana cai no sono, imagem de todas as “diversões” que substituem a necessária “conversão”. Um sono agitado, feito de pequenos programas, novelas de TV, campeonatos de futebol, noites de sexta-feira, infindáveis serões exigidos pelo deus trabalho, angustiada pesquisa nas cotações da Bolsa de Valores…
Na Carta aos Romanos, o apóstolo Paulo exorta: “Já é hora de despertardes do sono… A noite está quase passando, o dia vem chegando: abandonemos as obras das trevas e vistamos as armas da luz”. (Rm 13,11-12) Escrevendo aos Efésios, o mesmo apóstolo clama: “Desperta, tu que dormes! Levanta-se dentre os mortos e Cristo te iluminará”. (Ef 5,14)
Mas a espera do Senhor não é estática, garante-nos Lev Gillet. E afirma: “Ela não é um repouso. Toda verdadeira espera pelo Senhor implica uma transformação. A espera pelo Senhor é deixar-se arrancar pelas raízes. Ela nos arranca de nosso terreno, de nosso meio. Ela nos isola. Já não vemos as coisas como os outros, porque nossa visão atinge mais longe. Os outros não sabem, não esperam.
Mas se acontece que os outros esperem conosco, esperem por Aquele que nós esperamos, então a mesma expectativa cria entre os corações a mais íntima comunhão.
A espera pelo Senhor não só tira o valor das outras coisas que não esperamos, mas nos retira o próprio momento presente. De fato, o que nós esperamos não é a presença do instante. Não nos interessa o que o instante é. O que esperamos, nosso interesse supremo, é Aquele que o instante nos traz, é a chegada e o contato com o Senhor nesse instante.”
Sim, ele tem razão. Não esperamos por algo. Esperamos por Alguém. E quando Ele chegar, que possamos estar despertos para acolher a Vida infinita que Ele nos traz…

Orai sem cessar: “O Espírito e a Esposa dizem: Vem!” (Ap 22,17)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s