JESUS SE INDIGNOU… (Mc 10,13-16) – Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.

10043-deixai-vir-a-mim-os-pequeninosQual o motivo da indignação de Jesus? É que os discípulos – sim, aqueles que pretendem gerenciar Jesus! – tentavam impedir que as criancinhas fossem levadas até o Mestre.
Sempre se pode “dar um desconto” à imprudência dos discípulos, pois as crianças, naquela época, eram consideradas no máximo como uns “homúnculos”, sem estatuto de pessoa. Nem figuravam nas contagens e recenseamentos (cf. Mt 14,21; 15,38).
Mesmo assim, Jesus ficou “indignado”. Não apenas se “aborreceu”, como tenta adoçar a tradução da CNBB. No grego original, aparece o verbo “aganaktéo”, que indica “forte agitação interior” – um verbo muito intenso para ser reduzido a mero “aborrecimento”.
Isso foi naquele tempo. E hoje? Quais seriam os motivos da indignação de Jesus Cristo? Sem muito esforço, podemos fazer uma lista. Jesus deve estar “indignado” com:
– os casais que não deixam as criancinhas nascerem e usam de recursos artificiais para impedi-las de vir ao mundo…
– os pais e padrinhos que, depois de batizarem as crianças, não as acompanham em sua vida espiritual; não lhes proporcionam a necessária catequese; não incentivam sua amizade com Deus…
– os educadores que se limitam a dar aos pequenos um currículo de conhecimentos e habilidades, mas não se ocupam com a formação moral dos educandos…
– os governantes que desperdiçam recursos com arenas esportivas, mas alegam não dispor de verbas para creches, pré-escolas, assistência pré-natal, contratação de pediatras etc.
– os responsáveis por canais de televisão que inundam a mente das crianças e adolescentes com imagens de violência, rebeldia, falta de respeito pelos mais velhos, consumismo sem freios e sexualização precoce…
Hoje, como sempre, Jesus Cristo quer a aproximação das crianças. Sua ternura se derrama sobre os pequeninos com uma intensidade além de nossas medidas humanas. Jesus ama os pequenos. Sofre com eles. Indigna-se por eles, ao vê-los abandonados e abusados.
Mas Jesus também se alegra! É indizível a sua alegria ao ver os pequenos deficientes acolhidos amorosamente pela Comunidade Jesus Menino, de Petrópolis. Vibra de alegria com os catequistas que “gastam” seu tempo livre a encaminhar os pequenos em sua vida de oração. Jesus abençoa os profissionais da saúde que ficam de vigília para trazer ao mundo novos adoradores do Pai do Céu. Sabe? Jesus também faz plantão…

Orai sem cessar: “Desde o ventre de minha mãe, o Senhor já sabia o meu nome!” (Is 49,1)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s