PELA PORTA ESTREITA… (Mt 7,6.12-14) – Texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.

caminho estreitoOuço frequentes lamentações sobre seminários vazios, missionários de-missionários, redução de membros nas comunidades. Lamentam-se como se a quantidade fosse critério de sucesso. Ora, tudo isto me parece natural. A porta é mesmo estreita. Jesus avisou…
Eis a reflexão do luterano Dietrich Bonhoeffer, mártir do nazismo na Segunda Guerra mundial: “Os discípulos são pouco numerosos. Eles sempre serão pouco numerosos. Esta palavra de Jesus tira deles toda esperança a respeito de sua eficácia. Que nenhum discípulo de Jesus jamais deposite sua confiança nos números. ‘São poucos!’ Os outros, ao contrário, são numerosos e serão sempre numerosos. Mas eles caminham para sua perda.
Qual poderia ser, nesta certeza de experiência, a consolação dos discípulos senão a vida que lhes é prometida, a eterna comunhão com Jesus?   É estreito o caminho que seguem aqueles que obedecem. Facilmente se passa sem o perceber; facilmente o perdemos, mesmo quando estamos nele engajados. Ele é difícil de encontrar. O caminho é verdadeiramente estreito e, dos dois lados, o abismo é ameaçador…
Ser chamado a fazer o que é extraordinário, fazê-lo e, no entanto, não ver nem saber o que se faz… eis um caminho estreito!
Testemunhar a verdade de Jesus, confessá-la e, contudo, amar o inimigo dessa verdade, inimigo seu e nosso, amá-lo com o amor incondicional de Jesus… eis um caminho estreito!
Crer na promessa de Jesus, segundo a qual os obedientes possuirão a terra e, no entanto, encontrar-se sem defesa diante do inimigo, antes sofrer a injustiça do que cometê-la… eis um caminho estreito!
Ver e reconhecer o outro em sua fraqueza, em sua injustiça, e jamais o julgar, estar na obrigação de anunciar-lhe a boa nova do Evangelho e, contudo, jamais lançar as pérolas aos porcos… Eis um caminho estreito! De fato, é um caminho insuportável! A cada instante, corre-se o risco de cair.
Desde que reconheci este caminho como aquele que me foi ordenado seguir, e o sigo com medo de mim mesmo, de fato este caminho é impossível. Mas se vejo Jesus Cristo me preceder passo a passo, se olho apenas para ele e o sigo passo a passo, então estou protegido neste caminho.
Sabendo disso, avançamos neste caminho apertado, pela porta estreita da cruz de Jesus Cristo, em direção à vida. Como poderia ser largo este caminho?
Mas este caminho, o estreito caminho da cruz, este é o bom caminho…” Depois disso, ainda nos lamentaremos?
Orai sem cessar: “Escolhi o caminho da verdade!” (Sl 119,30)
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s