NENHUM MILAGRE (Mc 6, 1-6) – Texto de Antonio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança

carpinteiroJesus fez o primeiro milagre em Caná, bem pertinho de Nazaré. Fez milagres em Cafarnaum, à beira do lago. Fez milagres em Jerusalém, junto ao Templo. Fez milagres nas estradas e encruzilhadas. Fez milagres e prodígios por toda parte. Mas viu-se impotente em sua própria cidade, diante da incredulidade de seus conterrâneos. Daí o ditado que ainda repetimos: ninguém é profeta em sua terra…
Jesus esteve ali o tempo todo, imerso na rotina de uma aldeia do interior. Homens e mulheres iam e vinham, esbarrando os cotovelos no Filho de Deus. Mas eles só enxergavam o filho do carpinteiro…
Será que vamos repetir o mesmo erro? Será que ficaremos cegos à presença de Deus na rotina diária que vivemos? Será que nós faremos parte dessa multidão que se deixa seduzir pela ilusória promessa de milagres com hora marcada? Será que nossa religião estará sempre à espera de um Cristo espetacular?
Ah! Triste Nazaré! Foste privilegiada com a visita do anjo… Foste honrada com a presença da Mãe de Deus… Foste enobrecida com as mãos calejadas de José, o justo… Teu solo foi pisado pelo Verbo Criador… E não percebeste nada disso? Pobre Nazaré!
Por outro lado, quando Jesus abriu a boca e semeou uma Palavra cheia de sabedoria, os parentes e vizinhos prestaram mais atenção no aprendiz de carpinteiro do que na mensagem de salvação. E perderam o bonde da história, todo o leque das oportunidades oferecidas na plenitude dos tempos.
Deus se manifestava, oferecia gratuitamente o novo Caminho, fazia-se carne. E esse oferecimento impensável rolava na sarjeta, desprezado. Faremos o mesmo?
São pequenas coisas, talvez, pequenos gestos… A matéria humilde dos sacramentos, um pedacinho de pão, uma gotinha de vinho… A antiga prece ao anjo da guarda, o velho cântico cantado pela avó… E era Deus que se manifestava na simplicidade mais rotineira…
Sim, Deus quer fazer milagres em nossa vida. Quer que nossa vida seja um milagre. Mas o maior milagre é o próprio Jesus Cristo, nascido de Mulher, revestido de nossa carne, abraçado às nossas cruzes. E essa Presença velada é a certeza de que não estamos sós.
Orai sem cessar: “Os retos habitarão na tua presença.” (Sl 140,14)
Anúncios

2 pensamentos sobre “NENHUM MILAGRE (Mc 6, 1-6) – Texto de Antonio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s