“LEVANTA-TE E ANDA!” (Mt 9, 1-8) – texto de Antônio Carlos Santini, da Comunidade Católica Nova Aliança.

 levanta-teNa narrativa da Criação (Gn 2,7), o primeiro homem já fora modelado pelo Criador, mas permanecia inerte. Um simples boneco de barro. Só após receber em seu interior – as “narinas” – o Hálito de vida, ergueu-se de pé e caminhou. No Evangelho de hoje, temos também um homem “reduzido”, diminuído em sua humanidade: trata-se de um paralítico, um homem i-móvel, que depend…e de ser transportado por outras pessoas. O mesmo “Sopro vital” está presente em Jesus, que lhe diz: “Levanta-te e anda!” Aquele que criou o homem é o mesmo que vem curá-lo. Recriá-lo.
Sim, curar é re-criar! Devolver ao homem a imagem e semelhança perdidos pelo caminho da vida. Arrancá-lo de seu imobilismo, de sua inação. Devolvê-lo à sua missão.
Para espanto daquela assembleia judaica reunida na Sinagoga, em dia de sábado, o Rabi da Galileia começa por dizer: “Tem confiança, filho, os teus pecados estão perdoados”. E assim ficamos conhecendo a origem da paralisia: o pecado. Qualquer que tenha sido esse pecado, travou a caminhada daquele israelita (um estrangeiro não entraria na sinagoga!).
Ora, o povo de Deus ficou conhecido exatamente por sua fama de caminheiro, circulando pelo deserto por 40 anos, em busca da Terra Prometida. Nada mais humilhante para um filho de Israel do que não poder andar! Não estou convencido de que Jesus fazia tais curas apenas para dar “sinais”… Acredito que Jesus tinha (e tem!) entranhas de misericórdia. Cura porque sofre com o sofrido, chora com as carpideiras, morre com os moribundos. Por isso mesmo, porá o paralítico de pé.
E nós? Qual o pecado que nos paralisa? A preguiça pode nos afastar da estrada. A avareza põe cadeados em nossa bolsa. A gula não deixa pão para repartir. O medo nos impede de mergulhar nas mãos de Deus. O orgulho proíbe que nos arrisquemos a passar vergonha por causa do Evangelho…
É bem verdade que muita gente não quer andar de novo. Podemos nos acostumar à paralisia espiritual. Pode ser mais cômodo, além de nos permitir o papel de vítimas… Pode ser mais seguro do que enfrentar a estrada. Pode ser…
Mas não foi assim que o Criador pensou em nós! Não é assim que trabalharemos para construir um Reino para Deus!
Você quer andar de novo?
Orai sem cessar: “O Senhor deu segurança a meus passos!” (Sl 40,3)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s